3 DICAS THSYSTEM PRA PREVENÇÃO DE CAPOTAMENTOS !

3 DICAS THSYSTEM PRA PREVENÇÃO DE CAPOTAMENTOS ! 
Quando o assunto é segurança, não podemos vacilar, ainda mais nas estradas, locais em que a frota está sujeita a muitos imprevistos. Entenda os riscos e conte com as dicas da Thsystem para manter a segurança dos seus veículos sempre em primeiro lugar.

1. Reduza a velocidade!

Os caminhões tendem a ser estreitos e altos, e isso faz com que eles inclinem muito quando entram em curvas. Isso acontece porque a força centrífuga atua no centro de gravidade do caminhão, o qual, como dissemos, é muito alto.

Quanto mais rápido o veículo estiver, maior será a força sobre ele. Por isso, para diminuir a atuação da força centrífuga e evitar o capotamento, é importante reduzir a velocidade. Uma dica é dirigir sempre entre 15 e 20 km/h abaixo da velocidade máxima indicada na sinalização, pois ela é destinada a carros menores, de passeio.

É importante que os gestores viabilizem treinamento para os motoristas, para que possam desenvolver uma condução cada vez mais segura. Além disso, os gestores podem contar com a ajuda da Thsystem. Através do nosso Sistema 24h, é possível monitorar a velocidade de todos os caminhões da frota e determinar a velocidade permitida para cada trajeto, evitando que o condutor ultrapasse o limite preestabelecido. Caso o motorista desrespeite o limite por algum motivo, é possível entrar em contato com ele ou configurar comandos automáticos, como a diminuição da velocidade.

2. Não pise no feio durante a curva!

É importantíssimo que o condutor ajuste a velocidade para fazer uma curva. Mas, caso o motorista acabe fazendo uma curva rápido demais, é preciso resistir à tentação de pisar no freio bruscamente. Se isso for feito, podem acontecer duas situações ruins: as rodas podem perder a tração e continuar em linha reta, fazendo com que o veículo patine ou desvie da estrada, ou o veículo manterá a tração, mas tombará. Nesses casos, é importante priorizar o freio motor e manter a calma no decorrer da manobra.

rastreador_capotamento

3. Cuidado com cargas especiais!

Cargas com possibilidade de movimento são um fator de risco quando o assunto é capotamento. O ideal é que a carga ocupe todo o espaço do tanque, para não aumentar a instabilidade do veículo. Entretanto, sabemos que algumas cargas não atendem essa medida, como no caso dos caminhões frigoríficos, que transportam carne pendurada e/ou carga viva. Nesse casos, é importante impedir que as cargas se movam demasiadamente, para evitar que o centro de gravidade do veículo não se altere de maneira brusca, aumentando o risco de capotamento até em velocidades reduzidas.


Comentários (0)


Deixe um comentário